Inscreva-se na nossa Newsletter

    Desejo receber e-mails sobre

    aceito Li e aceito os termos de uso e de privacidade *
    * Campos obrigatórios
    Disponível no:
    Termos de uso

    You won't be able to dismiss this by usual means (escape or click button), but you can close it programatically based on user choices or actions.

    fechar

    Termos de privacidade

    You won't be able to dismiss this by usual means (escape or click button), but you can close it programatically based on user choices or actions.

    fechar

    Quero Investir

    Preencha os dados para ver as formas de investimentos:

      aceito Li e aceito os termos de uso e de privacidade *
      * Campos obrigatórios

      TRIMESTRAL – 2º T 2018

       

      O Grande Trígono, Fusão Cósmica

      Eu non creo nas meigas, mais habelas hainas, já se diz há muito tempo na Galícia, Espanha, aqui na sua forma original, em gaulês. Em espanhol moderno é mais conhecido como “No creo en brujas, pero que las hay, las hay”. Eu mesmo me lembro, até recentemente de ter pronunciado está frase numa circunstância.

      Nosso mundo é muito complexo.  Einstein revolucionou nosso entendimento sobre o mundo macro, que antes era regido pelas leis de Newton ao conseguir explicar que a gravidade não é uma força, mas sim uma aceleração.  Nossa aceleração pelo tempo/espaço, Mindblowing!

      E foi justamente o conflito entre as teorias de Newton, em que a luz não tinha a velocidade constante e a de Maxwell, em que tinha, a fagulha que acendeu a curiosidade de Einstein para elaborar sua teoria revolucionária.

      Já Max Planck descreveu o micro, o comportamento dos átomos, o mundo sob a perspectiva muito pequena, o mundo subatômico ou quântico. Já faz quase cem anos que as duas teorias, ambas já amplamente provadas e comprovadas, não se conversam.  As teorias que descrevem o mundo macro das estrelas e dos planetas não regem o mundo quântico, o subatômico.  No momento em que este conflito se resolver, teremos um Trígono entre as teorias de Newton/ Maxwell (Einstein) e Planck.

      Por isto o nome Trígono como aquele que funde, que alinha as teorias.  Não entendo muita coisa sobre Astrologia, não muito mais além do fato de ser de Gêmeos, Ascendente em Capricórnio e Lua em Touro.  Um triângulo que diz muito sobre mim, para quem entende do assunto.  De alguma forma, esse nosso Trígono nos define.

      Por isto achei relevante iniciar-lhe pela mais intrigante verdade de nossas existências.[1]

      1 Conforme Randler Michel, O Grande Trígono (ou trino) é formado pelos aspectos de três (ou mais) planetas em ângulos de 120º estando dentro de orbes adequados, tendo como característica geométrica o triângulo equilátero. O triângulo é a figura geométrica da perfeição, traz em sua simbologia a divisão triádica do universo, da terra, da natureza, do ser humano e de modo geral dos ciclos cósmicos do mundo manifesto.

      O Grande Trígono

       

      Em 1996, estudava na London Business School e assisti a uma palestra do Sr. Joel M. Stern, o pai do EVA ou Valor Econômico Adicionado.  Foi meu momento Trígono no mercado.  Iria me formar no meio do ano e pela primeira vez encontrei a conexão entre o macro e o micro no tempo/espaço.  O EVA é uma ferramenta que explica o macro sob o argumento de que se todos os stakeholders estiverem alinhados, sem conflito algum, haverá a maior geração de riqueza, para todos, de forma meritocrática e o micro, ao analisar em profundidade a relação entre o retorno financeiro atribuído aos seus investidores, o ROCE[2] e o capital que estes mesmos indivíduos colocaram em todas as operações da empresa.[3]

      Quando uma empresa abre seu capital, abre seus livros, sua vida aos seus mais novos sócios, os minoritários como nós aqui na Trígono.  Usamos esta métrica que maximiza valor para avaliar potenciais empresas em que investiremos o capital de nossos clientes, no longo-prazo.  Isto mesmo, longo prazo, algo entre 5-10 anos à frente de hoje.

      Leia Mais:

      2º TRIMESTRE 2018

      Inscreva-se na nossa Newsletter

        Desejo receber e-mails sobre

        aceito Li e aceito os termos de uso e de privacidade *
        * Campos obrigatórios
        Disponível no:
        Termos de uso

        You won't be able to dismiss this by usual means (escape or click button), but you can close it programatically based on user choices or actions.

        fechar

        Termos de privacidade

        You won't be able to dismiss this by usual means (escape or click button), but you can close it programatically based on user choices or actions.

        fechar

        Confira as entidades que a Trígono Capital apoia: