Inscreva-se na nossa Newsletter

    Desejo receber e-mails sobre

    aceito Li e aceito os termos de uso e de privacidade *
    * Campos obrigatórios
    Disponível no:
    Termos de uso

    You won't be able to dismiss this by usual means (escape or click button), but you can close it programatically based on user choices or actions.

    fechar

    Termos de privacidade

    You won't be able to dismiss this by usual means (escape or click button), but you can close it programatically based on user choices or actions.

    fechar

    Quero Investir

    Preencha os dados para ver as formas de investimentos:

      aceito Li e aceito os termos de uso e de privacidade *
      * Campos obrigatórios

      7 MITOS SOBRE INVESTIMENTOS EM ‘SMALL CAPS’

      Mais risco, com menor liquidez e governança? Estudo de CEO da Trígono Capital busca refutar lendas que envolvem as empresas com menor valor de mercado.

      Quando se fala em investir em ações, geralmente vem à cabeça do investidor a aplicação em gigantes da bolsa brasileira, como Petrobras e Vale. Mas nem só de blue chips/large caps – em bom português, empresas de grande porte – é feita a bolsa brasileira.

      Para estar no grupo das grandes companhias é preciso ter, em média, mais de US$ 10 bilhões de valor de mercado, mas há oportunidades de investimentos também nas small caps, empresas de menor valor de mercado – de US$ 300 milhões a US$ 2 bilhões.

      Vale lembrar que ambos contam com ETFs (Exchange Traded Funds, também conhecidos como fundos de índice) negociados na bolsa brasileira, ou seja, você pode comprar uma cesta com todas as ações desses índices com um clique, direto do homebroker de sua corretora.

      Com o resultado do estudo em mãos, Mesnik chegou a conclusões que desvendam 7 mitos que cercam as small caps. Confira:

      1 – “Small caps têm mais risco”

      Ao contrário do que se imagina, o Ibovespa tem maior volatilidade e menor retorno no longo prazo, segundo o estudo de Mesnik.

      Ao observar os números de abril de 2008 a novembro de 2019, o Ibovespa apresentou volatilidade de 27%, enquanto no índice Small Caps foi de 22%. No mesmo período, o retorno da Ibovespa foi de 59%, enquanto o Small Caps foi de 152%.

      “Hoje 55% das empresas listadas são small caps, que são esquecidas e renegadas pelo mercado”, conta Mesnik.

      2 – “Small caps têm menos consistência”

      O estudo de Mesnik incluiu uma simulação de 60 mil movimentações – aplicações e resgates – em diferentes períodos dos últimos 10 anos. O resultado apontou que o Índice de Small Caps superou o Ibovespa em 58% dos cenários, com um retorno anual de 4% acima do Ibovespa.

      Mesnik também levantou os desempenhos trimestrais de ambos os índices e observou que em 63% dos períodos o Small Caps ganhou do Ibovespa.

      Dos trimestres em que o Small Caps teve desempenho negativo, 90% deles ocorreram entre 2013 e 2016, durante o ciclo de alta da Selic, em que a taxa básica de juros alcançou 14,25% ao ano.

      3 – “Melhor fazer market timing”

      O conceito de “market timing” é o sonho de qualquer investidor: comprar ações na baixa e vender na alta.

      Porém, acertar esse momento “na mosca” é bastante difícil e, nessa tentativa, o investidor pode acabar ficando de fora de momentos importantes.

      Caso o investidor tenha ficado de fora dos 15 pregões mais rentáveis, de um total de 2.913 pregões entre abril de 2008 a novembro de 2019, teria retorno acumulado negativo em 2% no Índice de Small Caps.

      Ou seja, quem quer retorno não pode ficar de entra-e-sai das ações. Neste tópico, a recomendação também vale para o Ibovespa: dos 138 meses dos últimos 10 anos, quem ficou de fora dos 5 melhores meses teve os ganhos zerados.

      Fonte, Valor Investe – Werusca Goeking

      Inscreva-se na nossa Newsletter

        Desejo receber e-mails sobre

        aceito Li e aceito os termos de uso e de privacidade *
        * Campos obrigatórios
        Disponível no:
        Termos de uso

        You won't be able to dismiss this by usual means (escape or click button), but you can close it programatically based on user choices or actions.

        fechar

        Termos de privacidade

        You won't be able to dismiss this by usual means (escape or click button), but you can close it programatically based on user choices or actions.

        fechar

        Confira as entidades que a Trígono Capital apoia: